Sistema de ensino no país considerado satisfatório

Luanda - O director nacional dos Recursos Humanos do Ministério da Educação, Guilherme Tuluca, considerou hoje, em Luanda, o sistema do ensino no país como satisfatório, face às circunstânciassocio-históricas em que o mesmo se desenvolve.


Em declarações à Angop, Guilherme Tuluca referiu que os esforços para a melhoria no sector da educação são notáveis, adiantando ser uma grande preocupação do Governo.


“Estamos num processo de reforma que é um conjunto de medidas tendentes para que seja feito um balanço que testemunhe uma melhoria na qualidade de ensino no país”, frisou.


Para si, o sistema do ensino se adapta circunstancialmente às etapas de desenvolvimento sociocultural e económico das populações aonde  se destina.


“O nosso método de ensino é um sistema que está sujeito às interferências da reconstrução nacional sem precisar esquecer que o país se reencontrou como nação” salientou.

 

Segundo o responsável, para bons resultados de um sistema da educação, o fundamental é a presença psicológica das crianças e isto pressupõe uma série de circunstâncias desde a tranquilidade espiritual e física.


De acordo com a fonte, a área educativa já pode contar com professores especializados e informados, avaliando como swndo bastante positivo tal facto, sem esquecer que actualmente a política do ensino no país é a integração.


“Na educação temos que ter bastante atenção no sector de ensino especial, pois velamos pela inclusão, de forma a socializarem-se", disse.


Para o director, deve-se reconhecer que em termos de remuneração dos quadros o sector da Educação actualmente não tem grandes razões de queixas.


Os recursos financeiros que temos são os possíveis, mas não aqueles que precisamos, mas a política remuneratória está bem, mas quanto a sua aplicação precisa-se de melhorias.

 

Fonte: Angop

 

publicado por asbcong às 17:06 | link do post