Directora do INAC pede sociedade para garantir uma infância feliz às crianças

Menongue - A directora geral do Instituto Nacional da Criança, Ruth Mixinge, aconselhou hoje, na província do Kuando Kubango, a sociedade a se unir para a garantia de uma infância feliz às crianças do país.
 
A responsável fez este pedido no acto central do 01 de Junho, Dia Internacional da Criança, que decorreu sob o lema “Por um futuro melhor, cuidemos da criança hoje”, decorrido no salão gimnodesportivo da cidade de Menongue, com a participação de mais de três mil crianças.
 
Segundo a responsável, é responsabilidade de toda a sociedade, e não só do Estado e parceiros sociais, se unirem para que se possa dar à criança uma infância feliz, no sentido dela crescer num ambiente de harmonia e de alegria.
 
A directora agradeceu todas as instituições, pessoas singulares, igrejas, que têm colaborado, directa e indirectamente, com o Instituto Nacional da Criança para que alguns problemas afectos às crianças mereçam a sua devida solução.
 
Ruth Mixinge lembrou que o Executivo angolano, liderado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e através do INAC, tem trabalho na promoção, divulgação dos direitos da criança, com vista a sua protecção, por meio do cumprimento dos onze compromissos.
 
De acordo com Ruth Mixinge, dado o lema em causa, há uma toda necessidade de se dar primazia aos cuidados para com as crianças, razão pela qual o Instituto Nacional da Criança tem trabalho com os parceiros sociais na prevenção e combate à violência contra as crianças.
 
“Quando há violência não há progresso. Nós temos estado a trabalhar e em particular o Governo do Kuando Kubango, no sentido de dar o que a criança merece, através da construção de escolas, hospitais, o registo civil de nascimento”, acrescentou.
 
Pediu as entidades eclesiásticas a fazerem o mesmo, através das suas homilias, realçando a necessidade da protecção dos direitos da criança, bem como educa-las a respeitarem os adultos, apostar nos estudos, para ajudarem na construção em curso do país.
 
Segundo a fonte, que pediu igualmente a responsabilidade das famílias na protecção dos direitos das crianças nos lares, deve-se se dar à criança tudo o que ela merece, garantido a alimentação, saúde, educação, lazer e outros.
 

As crianças, incluindo os aniversariantes e os primeiros bebés do dia de hoje, foram brindadas com brinquedos, bonés, lanches, entre outros bens.

 

Fonte: Angop

publicado por asbcong às 19:56 | link do post