AJAPRAZ vai apoiar crianças centro "Mbembwa"

Menongue – O presidente da Associação dos Jovens Provenientes da Zâmbia (AJAPRAZ), Bento Raimundo, prometeu sexta-feira, em Menongue, província do Kuando Kubango, apoiar as 58 crianças órfãs e em conflito com a lei internadas no centro de acolhimento “Mbembwa”.

  
Em declarações à Angop, o responsável garantiu que a sua organização estará sempre solidária com as crianças e dentro das suas possibilidades ajudará no que for necessário e contribuir para a continuação da obra do falecido padre, João Bosco dos Santos.
  
Bento Raimundo reconheceu a necessidade de todos os actores sociais darem o seu contributo para a continuação da obra de João Bosco dos Santos, que sempre centrou as suas atenções no tratamento, educação e reabilitação mental de crianças vivendo em conflito com a lei e órfãs, bem como na recuperação física dos deficientes de guerra e não só.
  
Disse igualmente que a perda do padre é irremediável, tendo em conta as responsabilidades sociais que sobre ele pesavam, pelo que é necessário que a sociedade em geral preste especial atenção as crianças do centro e aos deficientes do centro ortopédico que tinham o padre como um pai.
 
Referiu que a morte do padre, não só afectou a Igreja e o governo local, mas toda a nação.
 
João Bosco, desde os anos oitenta no Kuando Kubango, dedicou-se na educação das crianças órfãs e em conflito com a lei, ensinando as boas maneiras de convivência na sociedade, hábitos de trabalho e respeito ao próximo.
O padre João Bosco morreu na terça-feira, num dos hospitais da capital do país, por doença.

 

Fonte: Angop

publicado por asbcong às 12:08 | link do post