Mais de 50 tendas serão construídos no centro de trânsito de refugiados

Kuito - O governo da província do Bié começou a partir de hoje a preparar cerca de trinta mil metros quadros de terra, na localidade de Kuquema (Kuito),para a construção de 53 tendas para acomodar os refugiados vindo de outros países, no quadro do processo de repatriamento voluntário organizado pelo governo angolano.

 

Segundo a directora do Ministério da Assistência e Reinserção Social no Bié, Angélica Benvida Pinto Gonçalves, cada tenda vai albergar 10 pessoas, preferencialmente da mesma família, ou pessoas mais próximas.

 

A responsável realçou que no local serão também erguidos postos médicos e outros serviços essenciais, com a finalidade de oferecer uma assistência de qualidade aos compatriotas angolanos vindos de vários países da África.

 

Numa primeira fase, afirmou, a província vai recepcionar 251 angolanos dos 1.846 previstos, acrescentando que o processo conta com ajuda do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (HCR).

 

Angélica Gonçalves precisou que pelo facto da cidade do Kuito ser o centro de trânsito dos refugiados provenientes vindos da Zâmbia, Namíbia Botswana e RDC, para os municípios do interior, e para a província do Huambo, o governo local está a redobrar esforços no sentido de proporcionar uma recessão mais cuidada.

 

Fez saber, por outro lado, que os primeiros refugiados angolanos chegam a província na segunda quinzena do mês de Junho de 2011.

 

Fonte: Angop

publicado por asbcong às 19:58 | link do post | comentar